quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

GOVERNO DO RN ANUNCIA CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DA FOLHA DE MARÇO


O pagamento do mês de março dos servidores públicos do Estado será feito nos dias 15 e 29, conforme faixa salarial. Dia 15 será pago o salário integral a quem ganha até R$ 6 mil, aos servidores dos órgãos que compõem a Segurança Pública e uma parcela de 30% do salário de quem recebe acima de R$ 6 mil. Dia 29 será pago o restante do salário de quem recebe acima de R$ 6 mil e os servidores dos órgãos que têm arrecadação própria e da Educação.
Essas datas e valores foram fruto do acordo entre o Governo do Estado e as entidades representativas dos servidores durante reunião realizada na manhã desta quinta-feira (28) no Gabinete Civil com os secretários Raimundo Alves (Gabinete Civil), Virgínia Ferreira (Administração) e Aldemir Freire (Planejamento).
Segundo o secretário-chefe do Gabinete Civil, a antecipação de parte dos salários tem o objetivo de reduzir o impacto dos atrasos das folhas de dezembro e do décimo-terceiro de 2018 para quem recebe os menores salários.
Na reunião ficou acordado também que o Governo irá estudar uma proposta de calendário salarial dos próximos seis meses para, assim, poder oferecer uma previsibilidade aos servidores. Atualmente, as datas são definidas a cada mês durante as reuniões entre representantes dos Governo e dos servidores.
Fevereiro
Nesta quinta-feira, o Governo do Estado concluiu a folha de pagamento do mês de fevereiro pagando o restante de 70% dos salários de quem ganha acima de R$ 6 mil, além dos servidores da Educação e dos órgãos com arrecadação própria, como por exemplo Caern e Detran.

Assessoria de Comunicação do Gabinete Civil do RN

SÓ HOJE NA REUNIDAS HOME CENTER EM CATOLÉ DO ROCHA - PASSE LÁ AGORA



quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

HOSPITAL REGIONAL DE PAU DOS FERROS

Novo Diretor Técnico do HCCA (Hospital Regional de Pau dos Ferros ), Ortopedista Jefferson Libson (natural de Marcelino Vieira) - À esquerda na foto. 

Ao seu lado o Diretor Geral da unidade, Farmacêutico Raimundo Bernardino.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

SAÚDE: Casos de dengue no Brasil aumentam 149% em janeiro deste ano

O número de casos prováveis de dengue registrados no Brasil em janeiro deste ano mais que dobrou em comparação ao mesmo período de 2018. De acordo com o Ministério da Saúde, até o dia 2 de fevereiro, o aumento era de 149%, passando de 21.992 para 54.777 casos prováveis – uma incidência de 26,3 casos por 100 mil habitantes.
Ainda segundo a pasta, foram registradas, até o momento, cinco mortes provocadas pela doença, sendo uma no Tocantins, uma em São Paulo, duas em Goiás e uma no Distrito Federal. Em 2018, foram notificados 23 óbitos por dengue.
Por meio de nota, o ministério avaliou que os dados epidemiológicos alertam para a necessidade de intensificação das ações de eliminação de focos do Aedes aegypti em todas as regiões do país. “São ações que envolvem gestores estaduais, municipais, governo federal e a população”.
Regiões
De acordo com o boletim, a região Sudeste concentra 60% (32.821) do total de casos registrados no país em 2019. Em seguida estão as regiões Centro-Oeste, com 10.827 casos de dengue; Norte, com 5.224 casos; Nordeste, com 4.105 casos e Sul, com 1.800 casos. 
Em relação à incidência, que considera a proporção de casos com o número de habitantes, Centro-Oeste e Sudeste apresentam os maiores dados: 67,3 casos por 100 mil habitantes e 37,4 casos por 100 mil habitantes, respectivamente.
Quando comparados os dados entre 2018 e 2019, o Sul apresenta o maior índice de crescimento de casos, 597,7%, passando de 258 para 1.800 casos prováveis. O Sudeste teve aumento de 472,6%, saindo de 5.732 para 32.821 casos. O Norte tem índice de 233%, saindo de 1.569 para 5.224 casos. E o Nordeste registra crescimento de 37,6%, passando de 2.983 para 4.105 casos.
O Centro-Oeste, segundo o balanço, é a única região do país que apresentou redução nos números, de 5,4%, saindo de 11.450 para 10.827 casos prováveis de dengue.
Estados
O levantamento mostra que dois estados registraram aumento de mais de 1.000% no número de casos de dengue  – Tocantins, com crescimento de 1.369%, saindo de 210 para 3.085 casos prováveis; e São Paulo com aumento de 1.072%, passando de 1.450 para 17.004 casos prováveis.
Outros dois estados, segundo o ministério, apresentaram crescimento considerado significativo: Paraná, com aumento de 648,6%, saindo de 214 para 1.602 casos; e Santa Catarina, com 644%, passando de 18 para 134 casos.
Em relação à incidência, destacam-se Tocantins, com 198,4 casos por 100 mil habitantes; Acre, com 163,7 por 100 mil habitantes; Goiás, com 108,7 por 100 mil habitantes; Mato Grosso do Sul, com 79,7 por 100 mil habitantes; Espírito Santo, com 61,9 por 100 mil habitantes; e Minas Gerais, com 58,9 por 100 mil habitantes.
Zika
Ainda de acordo com o boletim, até 2 de fevereiro, foram notificados 630 casos de infecção pelo vírus Zika em todo o país – uma redução de 18% em relação ao mesmo período de 2018, quando haviam 776 casos. A taxa de incidência da doença no Brasil é de 0,3 casos por 100 mil habitantes.
O Norte apresentou o maior número de notificações, 410 casos. Em seguida, aparecem as regiões Sudeste, com 119 casos; Nordeste, com 49 casos; Centro-Oeste, com 43 casos; e o Sul, com 9 casos.
Chikungunya
Já em relação ao chikungunya, o Brasil apresentou redução de 51% nos casos este ano em relação ao mesmo período de 2018. Até 2 de fevereiro, foram registrados 4.149 casos prováveis de infecção contra 8.508 casos notificados no ano passado.
A incidência, em 2019, está em 2 casos por 100 mil habitantes. Entre as regiões, o Norte do país apresentou o maior número de casos, 2.730. Em seguida, aparecem Centro-Oeste, com 789 casos; Nordeste, com 446 casos; Sul, com 94 casos; e Centro-Oeste, com 90 casos.
*Agência Brasil

GENTE DA NOSSA TERRA

Abrindo espaço nesta terça-feira 26 para homenagear o casal amigo Manoel Joaquim e Maria do Socorro. Do sítio São Bernardo para o mundo. Pessoas de grandes qualidades.

BARRIGUDA NEWS, O PORTAL DE NOTÍCIAS PRESENTE NAS PRINCIPAIS MÍDIAS SOCIAIS


segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

PREVISÃO: Chuvas devem retornar ainda mais intensas a partir desta quarta no RN

As chuvas que estão atingindo todo o Rio Grande do Norte neste início de ano e que somaram 44 milímetros somente em Natal no último fim de semana devem retornar ainda mais intensas a partir da próxima quarta-feira, 27, segundo prevê a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn).
De acordo com os meteorologistas locais, além da Zona de Convergência Intertropical que vem ocasionando as chuvas atuais, a chegada de um Vórtice Ciclônico a partir do dia 27 deve intensificar o volume de água no estado. As duas situações ocorrendo de maneira conjunta causa justamente o aumento de chuvas.
De modo geral, o mês de fevereiro vem registrando um bom volume de chuvas. Com o acumulado do último fim de semana, já são 63 municípios com chuvas na categoria Normal; 40 na categoria Chuvoso; e 8 na categoria Muito Chuvoso, confirmando a previsão feita pelos meteorologistas, em janeiro, de que fevereiro ia ter volume de chuvas acima da média.
Na última sexta-feira, 22, foi divulgado o resultado da Reunião Climática realizada no Rio Grande do Norte, e a conclusão dos meteorologistas foi de que os meses de março, abril e maio vão ter um volume acumulado de chuvas dentro do normal.
*Agora RN

REUNIDAS, A MAIOR LOJA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO DA REGIÃO AGORA NO BARRIGUDA NEWS

Nosso agradecimento aos que fazem as LOJAS REUNIDAS - Catolé do Rocha/PB pela confiança no trabalho da Equipe Barriguda News. A partir de hoje anunciaremos as grandes ofertas da maior loja de Material de Construção da região.

IV DESAFIO DA BARRIGUDA DE MTB - Alexandria-RN

Inscrições: https://rncrono.com.br/eventos/134/inscrever

domingo, 24 de fevereiro de 2019

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: Quem tem direito adquirido não precisa antecipar aposentadoria

A cada anúncio de reforma da Previdência, a situação se repete: tanto no setor público como na iniciativa privada, trabalhadores que ultrapassaram o tempo mínimo de contribuição correm para antecipar a aposentadoria. Essa movimentação, no entanto, é arriscada e pode prejudicar o segurado se feita de maneira precipitada.

Quem cumpriu os requisitos para se aposentar pelas regras atuais está preservado pelo direito adquirido e não será afetado pela reforma da Previdência. Nesses casos, o trabalhador mantém o direito a aposentar-se pelos critérios presentes, mesmo que uma emenda à Constituição entre em vigor.

O direito adquirido vale independentemente se o trabalhador entrar com pedido de aposentadoria antes ou depois de uma reforma da Constituição. A situação, na verdade, vale para qualquer direito. Isso porque a legislação, em tese, não pode retroagir, apenas ser aplicada a partir do momento em que passar a vigorar.

“Essa é uma questão definida dentro do sistema judiciário. Durante a reforma da Previdência no fim dos anos 1990, houve uma controvérsia, mas o STF [Supremo Tribunal Federal] se posicionou na época sobre o assunto e determinou que o direito adquirido vale para quem tenha completado os requisitos nos termos da norma anterior. Não precisa ter feito o requerimento, basta ter completado o direito”, explica o mestre em direito constitucional Rodrigo Mello, professor de direito no Centro Universitário de Brasília (Uniceub).

Espera

O secretário de Previdência da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Leonardo Rolim, confirma que quem já conquistou o direito à aposentadoria não apenas não será afetado como poderá escolher se permanecerá na regra atual ou se aposentará pela nova legislação. Ele aconselha o trabalhador a esperar a reforma entrar em vigor para somente então decidir como quer se aposentar.

“Que o trabalhador espere. Pode ser que a nova regra, se ele esperar mais um tempo, seja mais vantajosa do que aquela em que ele obteve o direito pelas regras atuais”, disse Rolim durante a entrevista coletiva na última quarta-feira (20), quando técnicos detalharam a reforma da Previdência.

Segundo Rolim, o trabalhador pode ter vantagem na regra de cálculo e aumentar o valor do benefício se esperar mais um pouco. “Hoje, dependendo da idade, a pessoa terá uma taxa de reposição [indicador usado no cálculo do benefício] menor que na nova regra. Então pode ser mais interessante para esse segurado ficar mais alguns anos e aposentar-se com um benefício maior”, explicou.

Caso a caso

Rodrigo Mello, do Uniceub, concorda com o secretário, mas diz que cada caso é único. Ele recomenda que o trabalhador tenha cautela neste momento e analise todos os cenários. “Em primeiro lugar, o segurado precisa verificar se entrou na situação de direito adquirido. Se sim, ele deverá simular o valor do benefício com quatro opções”, aconselha. Esses quatros cenários são a aposentadoria pela norma atual, pela regra de transição da legislação atual (caso o trabalhador esteja enquadrado numa regra de transição), na transição proposta pela reforma e nas regras definitivas depois da reforma.

Um exemplo de como o segurado pode ganhar se esperar são os servidores que ingressaram no setor público antes de 2013. Quem tomou posse até 31 de dezembro de 2003 terá direito à integralidade, aposentando-se pelo último salário da ativa, caso espere até a idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres. Para professores, a idade mínima cai para 60 anos.

No setor privado, o trabalhador que estiver próximo de 40 anos de contribuição poderá lucrar se permanecer mais alguns anos na ativa. Isso porque, caso a reforma seja aprovada, ele poderá aposentar-se com mais de 100% da média de contribuições e sem o fator previdenciário.

Atualmente, o empregado da iniciativa privada tem o benefício calculado com base na média de 80% das maiores contribuições para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Sobre esse valor, incide o fator previdenciário, indicador que diminui o benefício final à medida que aumenta a expectativa de vida da população.

Fonte: Agência Brasil

ALEXANDRIA REALIZA O MELHOR CARNAVAL DE RUA DO RN


O Carnaval tradição de Alexandria é consolidado como um dos melhores do interior do Estado do Rio Grande do Norte. A folia terá início na quinta-feira, 28/02 e segue até a terça-feira, 05/03, no Espaço Cultural Antônio Bento Sobrinho (Praça da Folia).

O carnaval de Alexandria é uma festa inclusiva, pois é um evento que reúne todas as camadas sociais. Tem a participação de cerca de 50 blocos da cidade, inúmeros blocos vindos de outras regiões, e centenas de alexandrienses que residem fora, mas que neste período carnavalesco não deixam de visitar a terra da Barriguda e dessa forma, participar do vento de maior expressão social e cultural de Alexandria.

O carnaval de Alexandria apresenta 11 horas de folia e muita animação com 15 atrações, entre elas, bandas à níveis nacional e regional. Tem um público estimado em 8 mil pessoas por dia. Apresenta todos os dias palco fixo no Pátio da Folia e o tradicional mela-mela com trio elétrico de sábado a terça-feira de carnaval.

Um quesito que teve uma atenção toda especial por parte da sua realizadora, Jeane Ferreira e grupo de amigos foi a segurança do evento, que terá apoio das polícia Militar sob o comando do Capitão Júlio Cesar Soares de Oliveira e da polícia civil sob o comando dos Delegados de Polícia Civil, Célio Fonseca, Aroldo Sales, que contarão com um total de 80 policiais e o apoio de 20 seguranças particulares, todos os dias de folia.

Pensando na saúde do folião, uma parceria firmada com a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizará nas imediações da Praça da Folia um ponto de primeiros socorros, datado de ambulância com medicamentos de urgência e emergência e profissionais em saúde garantindo a saúde do folião em possível caso de excessos.

À exemplo do ano passado, o carnaval tradição 2019 de Alexandria é realizado por Jeane Ferreira. Tem o apoio logístico da Prefeitura Municipal via Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, iniciativa privada e amigos, entre eles pode-se citar: Provedor GNet, Santa Clara, Frisco, Deputado Raimundo Fernandes, Pitú, Dr. Bernardo, S&L Empreendimentos, Nonato Atacarejo, Quero Bem Supermercados Alexandria, CIED e comércio local.

Neste carnaval, Alexandria é destino certo de milhares de foliões das mais variadas localidades do Rio Grande do Norte, da Paraíba e Ceará, todos em busca de muita diversão, descontração e alegria.

*AssecomPM

sábado, 23 de fevereiro de 2019

CRISE NA VENEZUELA: Maduro rompe relações diplomáticas com a Colômbia e ameaça Guaidó

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou neste sábado, 23, o rompimento das relações diplomáticas com a Colômbia, em razão do apoio do governo de Iván Duque ao líder da oposição venezuelana Juan Guaidó em sua tentativa de entregar ajuda humanitária.

“Eu decidi romper todas as relações políticas e diplomáticas com o governo fascista da Colômbia e todos os seus embaixadores e cônsules devem partir em 24 horas da Venezuela. Saia daqui, oligarquia!”, afirmou Maduro em um longo discurso em Caracas.

O presidente socialista disse que “nunca um governo colombiano caiu tão baixo”. “Você é o diabo, Iván Duque. Você é o diabo, e você secará por se meter com a Venezuela. Vade retro satanás, fora daqui, diabo!”, proclamou ainda.
“Estamos esperando pelo senhor fantoche palhaço, fantoche do imperialismo americano e mendigo”, disse Maduro, referindo-se a Guaidó, que está na cidade colombiana de Cúcuta, na fronteira com a Venezuela. Ele também prometeu que o líder opositor enfrentará a Justiça do país, mas não deu detalhes do que quis dizer com essa ameaça.

Ao referir-se à operação liderada pela oposição para levar alimentos e medicamentos ao povo venezuelano com assistência estrangeira, o líder chavista disse que trata-se de uma “brincadeira de enganar bobos”.

O presidente venezuelano conclamou os militantes chavistas e os militares a não se renderem. “Nunca me dobrarei, nunca me renderei, defenderei a pátria com minha vida se necessário for”. “A ordem que dou às Forças Armadas bolivarianas é que se um dia fizerem algo contra (o regime), saiam às ruas”.

Segundo Maduro, o círculo militar tem planos para todos os cenários, mas ele tem certeza de que a paz vai triunfar. “Vamos consolidar uma grande vitória este ano”, afirmou sobre o ódio que foi despertado. “O ódio de Donald Trump é enorme contra a Venezuela”. E em outro momento, Maduro acusou o presidente americano de querer a “imensa riqueza da Venezuela”.

Em um determinado momento, Maduro interrompeu o discurso e pediu para o público fazer exercícios e uma “ola” pelo bolivarianismo. Em mais de uma hora de discurso, ele também disse que o povo venezuelano é invencível e indestrutível. “Estamos muito orgulhosos da força que temos, da nossa consciência, coragem e do poder popular. Os invisíveis da Venezuela, que nunca aparecem nos canais de televisão internacionais, são os indestrutíveis”.

Durante seu discurso, Maduro defendeu que sua bandeira é a da “batalha pela paz, com independência, integridade nacional, justiça e dignidade”. “Estamos empreendendo a batalha pela dignidade da Venezuela. Querem nos deixar de joelho diante do império americano. Este não é um tempo de traidores e traições, mas um tempo de lealdade à paz e aos ideais supremos da Venezuela”, afirmou.

Maduro questionou o fato de, até o momento, Guaidó, não ter convocado novas eleições no país e afirmou que, pela constituição local, um presidente interino precisa convocar novas eleições presidenciais dentro de 30 dias, tal qual fez ele quando Hugo Chávez faleceu. “Estou aqui pelo voto do povo, porque vocês decidem o que acontece na Venezuela, não Trump ou os bonecos de Iván Duque (presidente da Colômbia)”, afirmou.

Em um recado à oposição o chavista afirmou que resistirá. “Estou mais forte do que nunca, mais duro que esta madeira”.

Maduro afirmou ainda que “se viu obrigado” a fechar as fronteiras com a Colômbia nas cidades de San Antonio (del Táchira) e Ureña, em parte por conta do show realizado na sexta-feira na região. “Diante do show, da ameaça e da violência anunciadas, me vi obrigado a fechar as fronteiras. Hoje estou avaliando o que fazer, porque não vamos nos calar, vamos garantir a paz e a soberania total da fronteira”, declarou a apoiadores. “Não temo ninguém, meu pulso não treme. Se a questão é sair na briga, eu saio primeiro”, disse.

*Agência Estado/Agora RN

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

OS ASSUNTOS COMENTADOS PELA CIDADE


INTERNET - Mais uma empresa se instala em Alexandria oferecendo planos para o Sistema de Fibra Ótica. Bom para os internautas que depois de um bom tempo navegando a passos de tartaruga têm agora opções variadas. Viva a Concorrência.

COMÉRCIO VAREJISTA - Será que vale a pena sair da nossa cidade para fazer compras de alimentos e afins em Pau dos Ferros e/ou Catolé? Alguns afirmam que sim; outros acham que não vale a pena, é mais ilusão e marketing.

FÁTIMA BEZERRA - Escutei de algumas pessoas, que a Governadora Fátima Bezerra deverá vir a Alexandria em breve. Será que é no Carnaval???

SAAE - O Serviço de Águas e Esgotos programou um abastecimento de água diferenciado para o período de Carnaval (28/02 a 05/03).  Apenas durante o Dia

Dia 28 - Água no Centro da Cidade
Dia 01 - Água no Bairro do Cascalho
Dia 02 - Água para os Bairros Boa Vista, Santo Antônio, Santo Amaro, Novo Horizonte
Dia 03 - Água para o Centro da Cidade
Dia 04 - Água para o Bairro do Cascalho
Dia 05 - Água para os Bairros Boa Vista, Santo Antônio, Santo Amaro, Novo Horizonte

PRAÇAS DE ALEXANDRIA - Estamos com uma publicação diária no facebook barrigudanews bem como no instagram barriguda news, mostrando as nossas praças, atendendo a pedidos, em especial dos alexandrienses que residem em outras localidades.

WEB TV - Durante o período de Carnavalesco estaremos fazendo transmissões em vídeo pelas ruas da cidade, mostrando o que está rolando no carnaval. Se você quer divulgar seu comércio durante esses flashes entre em contato conosco. 9820-8532. Divulgue seu comercio!!!


GENTE DA NOSSA TERRA

Hoje (22), voltamos com nossas homenagens aos cidadãos alexandrienses, filhos da terra ou adotados por nossa Cidade, que contribuíram e/ou contribuem com seus trabalhos para o desenvolvimento do nosso município.

Destacamos nesta sexta-feira o Sr. COSME BATISTA, nascido em Pilões/RN mas que desde 1958 adotou Alexandria como sua cidade.

Agricultor de profissão, "seu" Cosme é casado com Dona Raimunda Oliveira com quem tem 06 filhos.

Um homem simples, do bem, que com o seu trabalho e de sua esposa, criou sua família e ainda contribuiu para o desenvolvimento da nossa terra.

ATENÇÃO ALEXANDRIA E REGIÃO

A Autoescola Rei Salomão informa aos alexandrienses e região que em breve dará início a uma nova turma para obtenção da primeira habilitação. 

Os interessados devem dirigir-se primeiramente ao DETRAN para dar entrada no processo e realizar os exames psicotécnico e clínico que acontecerão nos dias 28 de fevereiro (EXAME CLÍNICO) e 14 de Março (EXAME PSICOTÉCNICO) com início às 07:00h da manhã.

Maiores informações procurar a Autoescola ou entrar em contato pelos telefones: (84) 33812725 ou (84) 998672222.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

ALEXANDRIA - 1ª NOITE DE FORMAÇÃO DO ECC 2019


RELÂMPAGOS, TROVÕES E CHUVA MARCAM A MADRUGADA EM ALEXANDRIA

Relâmpagos, fortes trovões e uma chuva de 15mm marcam a madrugada deste dia 20 na terra da Serra Barriguda.

Vamos ter que nos acostumar, pois parece que esse inverno vem recheado de fortes trovões.

*Informe da chuva feito por Alzira Carlos.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

SOBRE A VISITA DO GOVERNADOR DO DISTRITO 4.500 DE ROTARY

ALEXANDRIA/RN - Neste último domingo (17) o Rotary Club de Alexandria recebeu em visita oficial, o Governador do Rotary Club - Distrito 4.500, companheiro Carlos Valle e esposa Roberta.

Além da Visita ao Marco Rotário foi cumprida uma agenda que teve como ponto culminante a Reunião Festiva na Câmara Municipal de Alexandria.

Juntamente com os companheiros rotarianos da terra da Serra Barriguda, marcaram presença os companheiros rotaractianos da Cidade de Tenente Ananias/RN.



Fotos: Cedidas

CRISE NO GOVERNO: Bolsonaro mentiu ao negar conversas com Bebianno, mostram áudios; ouça

AGORA RN/ AGÊNCIA ESTADO
A demissão do ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Gustavo Bebianno pelo presidente Jair Bolsonaro foi precedida por uma discussão longa por meio do aplicativo Whatsapp, com troca de acusações entre eles, relacionadas à TV Globo, a uma viagem à Amazônia, revelada pelo Estado, e ao caso das candidatas laranjas do PSL, partido de ambos.
Os áudios, datados de 12 de fevereiro, terça-feira passada, foram publicados hoje pelo site da revista Veja e desmentem a versão do presidente, segundo quem eles não haviam conversado naquela data. Bolsonaro disse em entrevista à Record TV que era mentira que eles houvessem mantido um diálogo antes da alta hospitalar. O Estado procurou o Palácio do Planalto para comentar o caso e aguarda resposta.
As mensagens dão ideia do conjunto de razões para a demissão do ex-ministro, que, segundo a Presidência da República, foram de “foro íntimo” de Bolsonaro. O presidente é chamado por Bebianno de “capitão” ao longo do diálogo.
Na conversa, Bolsonaro trata a TV Globo como “inimiga” e manda o agora ex-ministro cancelar uma audiência com um representante da direção da empresa, no Palácio do Planalto. Segundo a revista, o presidente encaminhou a Bebianno a mensagem terça-feira, dia 12, com a agenda do ministro. Ele receberia o vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet Camargo, e respondeu: “Algo contra, capitão?”.
“Gustavo, o que eu acho desse cara da Globo dentro do Palácio do Planalto: eu não quero ele aí dentro. Qual a mensagem que vai dar para as outras emissoras? Que nós estamos se aproximando da Globo. Então não dá para ter esse tipo de relacionamento. Agora… Inimigo passivo, sim. Agora… Trazer o inimigo para dentro de casa é outra história. Pô, cê tem que ter essa visão, pelo amor de Deus, cara. Fica complicado a gente ter um relacionamento legal dessa forma porque cê tá trazendo o maior cara que me ferrou – antes, durante, agora e após a campanha – para dentro de casa. Me desculpa. Como presidente da República: cancela, não quero esse cara aí dentro, ponto final.”
O presidente também relata restrições a uma viagem à Região Norte, que era articulada, enquanto ele ainda estava internado em recuperação de uma cirurgia, com os ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos).
O presidente dispara: “Gustavo, uma pergunta: “Jair Bolsonaro decidiu enviar para a Amazônia”? Não tô entendendo. Quem tá patrocinando essa ida para a Amazônia? Quem tá sendo o cabeça dessa viagem à Amazônia?”
Em seguida, Bolsonaro relata ter conversado com os demais ministros – que seriam contra a missão amazônica – e mostra preocupação em ser cobrado posteriormente por resultados.
“Ô, Bebianno. Essa missão não vai ser realizada. Conversei com o Ricardo Salles. Ele tava chateado que tinha muita coisa para fazer e está entendendo como missão minha. Conversei com a Damares. A mesma coisa. Agora: eu não quero que vocês viajem porque… Vocês criam a expectativa de uma obra. Daí vai ficar o povo todo me cobrando. Isso pode ser feito quando nós acharmos que vai ter recurso, o orçamento é nosso, vai ser aprovado etc. Então essa viagem não se realizará, tá OK?!”
Em outro mensagem, o presidente revela preocupação com a investigação da suspeita de desvio de dinheiro público no PSL, por meio de candidatas que teriam simulado participação na campanha.
“Querem empurrar essa batata quente desse dinheiro lá pra candidata em Pernambuco pro meu colo, aí não vai dar certo. Aí é desonestidade e falta de caráter”, afirma Bolsonaro. “A Polícia Federal vai entrar no circuito, já entrou no circuito, pra apurar a verdade. Tudo bem, vamos ver daí… Quem deve paga, tá certo? Eu sei que você é dessa linha minha aí.”
Bebianno tenta explicar sua participação na distribuição dos recursos públicos ao partido, que presidiu ao longo da campanha de 2018. O ex-ministro sustenta que a responsabilidade por supostas irregularidades nas candidaturas em Pernambuco seria do deputado Luciano Bivar (PSL-PE), que comanda o diretório local. Bebianno afirma que o presidente está “envenenado”.
“Em relação a isso, capitão, também acho que a coisa está… Não está clara. A minha tarefa como presidente interino nacional foi cuidar da sua campanha. A prestação de contas que me competia foi aprovada com louvor, é… Agora, cada Estado fez a sua chapa. Em nenhum partido, capitão, a nacional é responsável pelas chapas estaduais. O senhor sabe disso melhor do que eu. E, no nosso caso, quando eu assumi o PSL, houve uma grande dificuldade na escolha dos presidentes de cada Estado, porque nós não sabíamos quem era quem. É… Cada chapa foi montada pela sua estadual. No caso de Pernambuco, pelo Bivar, logicamente. Se o Bivar escolheu candidata laranja, é um problema dele, político. E é um problema legal dela explicar o que ela fez com o dinheiro. Da minha parte, eu só repassei o dinheiro que me foi solicitado por escrito. Eu tenho tudo registrado por escrito. Então é ótimo que a Polícia Federal esteja, é ótimo que investigue, é ótimo que apure, é ótimo que puna os responsáveis. Eu não tenho nada a ver com isso. É… Depois a gente conversa pessoalmente, capitão, tá? Eu tô vendo que o senhor está bem envenenado. Mas tudo bem, a minha consciência está tranquila, o meu papel foi limpo, continua sendo. E tomara que a polícia chegue mesmo à constatação do que foi feito, mas eu não tenho nada a ver com isso. O Luciano Bivar que é responsável lá pela chapa dele.”
Segundo a revista, os áudios comprovam que Bebianno de fato manteve contato com o presidente por “três vezes”, enquanto ele ainda estava internado, no dia 12, terça-feira passada, conforme o ministro relatara ao jornal O Globo. O ministro negava haver uma crise no governo por causa da revelação, pela Folha de S. Paulo, de suspeitas envolvendo candidatas laranjas do PSL. “Não existe crise nenhuma. Só hoje (terça-feira) falei três vezes com o presidente”, disse, então, Bebianno a O Globo.
A informação foi o estopim para que Carlos Bolsonaro, filho do presidente, viesse a público pelo Twitter acusar o ministro, de quem desconfiava, de mentir. O presidente endossou a reação do filho e negou que ele estivesse incitando a demissão de Bebianno.
“Carlos incitando a saída é mais uma mentira. Você conhece muito bem a imprensa, melhor do que eu. Agora: você não falou comigo nenhuma vez no dia de ontem. Ele esteve comigo 24 horas por dia. Então não está mentindo, nada, nem está perseguindo ninguém”, afirmou Bolsonaro.
Bebianno tentou contemporizar, magoado com o filho do presidente. Bolsonaro, porém, rejeita a informação de que falar por Whatsapp seria considerado uma conversa e diz que não vai mais tratar com o ex-ministro, a quem acusava ainda de plantar notas na imprensa.
O ex-ministro reage: “Capitão, há várias formas de se falar. Nós trocamos mensagens ontem três vezes ao longo do dia, capitão. Falamos da questão do institucional do Globo. Falamos da questão da viagem. Falamos por escrito, capitão. Qual a relevância disso, capitão? Capitão, as coisas precisam ser analisadas de outra forma. Tira isso do lado pessoal. Ele não pode atacar um ministro dessa forma. Nem a mim nem a ninguém, capitão. Isso está errado. Por que esse ódio? Qual a relevância disso? Vir a público me chamar de mentiroso? Eu só fiz o bem, capitão. Eu só fiz o bem até aqui. Eu só estive do seu lado, o senhor sabe disso. Será que o senhor vai permitir que eu seja agredido dessa forma? Isso não está certo, não, capitão. Desculpe.”
O ex-ministro ainda envia outra mensagem em que sustenta “pregar a paz”: “Capitão, eu só prego a paz, o tempo inteiro. O tempo inteiro eu peço para a gente parar de bater nas pessoas. O tempo inteiro eu tento estabelecer uma boa relação com todo mundo. Minha relação é maravilhosa com todos os generais. O senhor se lembra que, no início, eu não podia participar daquelas reuniões de quartas-feiras, porque os generais teriam restrições contra mim? Eu não entendia que restrições eram aquelas, se eles nem me conheciam. O senhor hoje pergunte para eles qual o conceito que eles têm a meu respeito, sabe, capitão? Eu sou uma pessoa limpa, correta. Infelizmente não sou eu que faço esse rebuliço, que crio essa crise. Eu não falo nada em público. Muito menos agrido ninguém em público, sabe, capitão? Então quando eu recebo esse tipo de coisa, depois de um post desse, é realmente muito desagradável. Inverta, capitão. Imagine se eu chamasse alguém de mentiroso em público. Eu não sou mentiroso. Ontem eu falei com o senhor três vezes, sim. Falamos pelo WhatsApp. O que é que tem demais? Não falamos nada demais. A relevância disso… Tanto assunto grave para a gente tratar. Tantos problemas. Eu tento proteger o senhor o tempo inteiro. Por esse tipo de ataque? Por que esse ódio? O que é que eu fiz de errado, meu Deus?”
*
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...