quinta-feira, 16 de setembro de 2021

NOTA INFORMATIVA SOBRE A SUSPENSÃO DA VACINAÇÃO EM ADOLESCENTES

 

                    NOTA INFORMATIVA Nº 1/2021-SECOVID/GAB/SECOVID/MS

                                              Assunto - Vacinação em adolescentes

A Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, na Nota Técnica nº 40/2021-SECOVID/GAB/SECOVID/MS, revisou a recomendação para imunização contra COVID-19 em adolescentes de 12 a 17 anos, restringindo o seu emprego somente aos adolescentes de 12 a 17 anos que apresentem deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade, apesar da autorização pela Anvisa do uso da Vacina Cominarty (Pfizer/Biontech), com base nas seguintes premissas:

A Organização Mundial de Saúde não recomenda a imunização de criança e adolescente, com ou sem comorbidades;

A maioria dos adolescentes sem comorbidades acometidos pela COVID-19 apresentam evolução benigna, apresentando-se assintomáticos ou oligossintomáticos;

Somente um imunizante foi avaliado em ECR;

Os benefícios da vacinação em adolescentes sem comorbidades ainda não estão claramente definidos;

Apesar dos eventos adversos graves decorrentes da vacinação serem raros, sobretudo a ocorrência de miocardite (16 casos a cada 1.000.000 de pessoas que recebem duas doses da vacina);

Redução na média móvel de casos e óbitos (queda de 60% no número de casos e queda de mais de 58% no número de óbitos por covid-19 nos últimos 60 dias) com melhora do cenário epidemiológico.

Destacamos que a orientação da NOTA TÉCNICA 36/2021-SECOVID/GAB/SECOVID/MS estabelecia que os adolescentes sem comorbidades seria o último subgrupo elegível para vacinação e somente vigoraria a partir do dia 15 de setembro. Outrossim, reafirmamos que Estados e Municípios sigam as orientações do Programa Nacional de Operacionalização da Covid-19.

Por fim, reiteramos que esta Secretaria, subsidiada pela Câmara Técnica Assessora de Imunização da Covid-19, revisará, sempre que necessário, suas recomendações, com base em dados de segurança e na evolução das evidências científicas.

COVID-19: MINISTÉRIO RECOMENDA SUSPENSÃO DA VACINAÇÃO DE ADOLESCENTES


O Ministério da Saúde revisou a recomendação de vacinação de adolescentes contra a covid-19. Em nota técnica publicada ontem (15) pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, o ministério passou a recomendar a vacinação apenas para os adolescentes entre 12 e 17 anos que tenham deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade.

Uma nota técnica anterior da pasta, também de setembro, recomendava que a imunização dos adolescentes tivesse início ontem (15), com a ressalva de que os que não apresentassem comorbidades deveriam ser os últimos a ser vacinados.

A pasta citou, entre outros argumentos para revisar a recomendação, o fato de que os benefícios da vacinação em adolescentes sem comorbidades ainda não estão claramente definidos e que a Organização Mundial de Saúde (OMS) não recomenda imunização de adolescentes com ou sem comorbidades.

A OMS, entretanto, não chegou a afirmar que a imunização de adolescentes não deveria ser realizada. Em vídeo publicado em junho, a organização disse apenas que, neste momento, a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos não é prioritária.

O ministério também argumentou que a decisão foi tomada devido ao fato de a maioria dos adolescentes sem comorbidades acometidos pela covid-19 apresentarem evolução benigna da doença.

Outro ponto levantado foi o de que houve uma redução na média móvel de casos e óbitos (queda de 60% no número de casos e queda de mais de 58% no número de óbitos por covid-19 nos últimos 60 dias) com melhora do cenário epidemiológico.

Após a publicação da nota, algumas cidades anunciaram a suspensão da vacinação de adolescentes, entre elas, as prefeituras de Natal (RN) e Salvador (BA). Agora há pouco, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, decidiu seguir a recomendação do ministério e também suspendeu a imunização de adolescentes na capital federal.

Atualmente, apenas a vacina da Pfizer/Biontech tem autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso em adolescentes a partir de 12 anos.

Fonte: Agência Brasil

ASSOCIADA A BOLSONARO, PRÉ-CANDIDATURA DE BENES DISPARA, DIZ PESQUISA

O Instituto Real Time Big Data divulgou nesta quarta-feira (15) pesquisa de intenção de votos no Rio Grande do Norte. Os números foram encomendados pela 96 FM e Band RN.

A pesquisa quis saber se o apoio do candidato a presidente da República interfere no voto dos governadoráveis potiguares. Quando citada que tem o apoio de Lula, Fátima Bezerra soma 39%. Carlos Eduardo com o apoio de Ciro Gomes somaria 20%, enquanto Bolsonaro associado ao deputado Benes Leocádio faz o parlamentar alavancar seu nome e atingir 19%. Outros 16% optaram por nulo e branco, e 6% não souberam responder.

Ao todo foram 1,2 mil entrevistados entre os dias 13 e 14 de setembro de 2021. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Fonte: Portal Grande Ponto

REAL TIME BIG DATA: 49% DOS POTIGUARES SÃO CONTRA REELEIÇÃO DE FÁTIMA

O Instituto Real Time Big Data divulgou nesta quarta-feira (15) pesquisa de intenção de votos no Rio Grande do Norte. Os números foram encomendados pela 96 FM e Band RN.

A pesquisa questionou aos potiguares se eles são favoráveis a reeleição da governadora Fátima Bezerra (PT). De acordo com o levantamento, 36% se posicionaram favoráveis a renovação do mandato da petista, enquanto 49% disseram ser contrários a reeleição. Outros 15% não souberam responder.

Ao todo foram 1,2 mil entrevistados entre os dias 13 e 14 de setembro de 2021. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Fonte: Portal Grande Ponto

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

MINISTRO DEFENDE AUMENTO “MODESTO E MODERADO” PARA BOLSA FAMÍLIA

Foto: Marcelo Camargo
O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu hoje (15) um aumento “necessário” no programa Bolsa Família, de assistência a famílias de baixa renda, mas acrescentou que o reajuste dever ser “modesto e moderado”, na faixa dos R$ 300, e não acima de R$ 600 ou R$ 700, “como querem fazer”.

Guedes disse que um reajuste muito grande poderia “ser lido como populismo” e acrescentou que “ímpetos eleitorais” que interferiram no orçamento no passado acabaram mal. “Não queremos que isso se repita”, afirmou. O ministro defendeu o teto de gastos, mas disse também que “devemos à população brasileira” um programa social “um pouco mais robusto”.

As declarações foram dadas durante um seminário online promovido pelo Movimento Pessoas à Frente, grupo que defende a melhoria na gestão de pessoas do poder público e reúne pesquisadores, acadêmicos, executivos e profissionais da iniciativa privada.

“Compreensão”

Hoje, o valor máximo do Bolsa Família encontra-se em torno de R$ 190. O governo busca espaço no orçamento do ano que vem para realizar um reajuste no benefício, que deve ser rebatizado como Auxílio Brasil.

Uma das fontes de recursos apontada pela Economia seria um parcelamento no pagamento, previsto no orçamento do ano que vem, de R$ 89,1 bilhões em precatórios – dívidas do poder público decorrentes de sentenças judiciais inapeláveis.

O governo enviou uma proposta de emenda constitucional (PEC) ao Congresso, em agosto, com o objetivo de parcelar o pagamento de precatórios por alguns anos, em certas ocasiões. Paralelamente, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Luiz Fux, propôs uma solução via Judiciário.

Ambas as iniciativas, no entanto, ainda não prosperaram. Nesta quarta-feira (15), Guedes pediu “compreensão” e “socorro” a integrantes do Legislativo e Judiciário para encontrar uma solução para os precatórios, o que destravaria o reajuste no Bolsa Família. Fux e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), também participaram do mesmo evento em que o ministro da Economia falou.

Durante sua fala, Guedes também tocou em outros assuntos e voltou a defender o “desinvestimento” estatal em setores nos quais a iniciativa privada tem melhor desempenho, a fusão de ministérios e a reforma administrativa ora em tramitação no Congresso.

Fonte: Agência Brasil

SESAP CONFIRMA DUAS MORTES DE PACIENTES COM A VARIANTE DELTA DO CORONAVÍRUS NO RN

Foto: Getty Images via BBC
A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) confirmou nesta quarta-feira (15) que duas pessoas diagnosticadas com a variante Delta do novo coronavírus morreram no Rio Grande do Norte. As duas vítimas são moradores do município de São José de Mipibu, na Grande Natal, e estão entre os 34 casos confirmados da variante no estado.

Em nota, a Sesap informou que são dois homens. Um tinha 89 anos, vacinado com as duas doses de Coronavac/Butantan - primeira dose registrada dia 24 de fevereiro, e a segunda em 23 de março -, que morreu no dia 4 de setembro. O outro paciente tinha 45 anos, sem registro de vacina, e faleceu no último dia 11.

No comunicado, a secretaria também "reforça a necessidade da manutenção das medidas sanitárias e da importância de completar o esquema vacinal, pois a variante identificada está circulando por transmissão comunitária e os estudos apontam que ela conta com um alto potencial de transmissão".

Fonte: G1/RN

terça-feira, 14 de setembro de 2021

LIQUIDA CHÃO NA REUNIDAS CATOLÉ DO ROCHA

 



JOÃO DIAS SE TORNA O PRIMEIRO MUNICÍPIO DO RN A DISTRIBUIR KITS DE ALIMENTOS E OFERECER MERENDA AO MESMO TEMPO

O município de João Dias se tornou o primeiro do Rio Grande do Norte a realizar uma dupla ação de assistência alimentar aos estudantes, que estão recebendo, paralelamente, a merenda escolar e ainda um kit de alimentos. O pioneirismo rendeu o reconhecimento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que, durante reunião com a prefeita Damaria Oliveira, fez questão de parabenizar a gestão.

Inclusive, o exemplo de João Dias será exposto pela equipe do FNDE em uma conferência internacional da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura).

Além da assistência alimentar aos alunos da rede municipal, João Dias também se destaca no Estado por ter ganho o selo de Biosegurança na retomada das aulas presenciais.

“São importantes conquistas para os nossos professores e alunos. Vamos continuar no trabalho intenso, priorizando a educação e avançando com a qualificação e a melhor estrutura das nossas escolas”, destacou a prefeita Damaria Oliveira.

Fonte: Anna Ruth

A MELHOR LOJA DE BREJO DOS SANTOS, AGORA NO BLOG MAIS ACESSADO DE ALEXANDRIA

 

SESAP CONFIRMA MAIS 27 CASOS DA VARIANTE DELTA NO RN

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) confirmou nesta terça-feira (14) mais 27 casos da variante delta no Rio Grande do Norte. Com isso, são pelo menos 34 casos confirmados no Estado.

De acordo com a Sesap, foram enviadas 34 amostras no início de setembro à Fiocruz, Destas, 28 foram analisadas e 27 foram identificadas como sendo da variante delta. Os resultados referem-se a amostras coletadas no mês de agosto e são de pacientes dos seguintes municípios:

6 de São José do Mipibu,
4 de Parnamirim,
4 de Equador,
3 de São Gonçalo do Amarante,
3 de Nísia Floresta,
2 de Natal,
1 de Extremoz,
1 de Canguaretama,
1 de Jucurutu,
1 de Santa Cruz,
1 de Macaíba.

O relatório das análises foi recebido no início da tarde desta terça-feira (14) através do Lacen, referência estadual no diagnóstico de COVID-19 e responsável pelo envio das amostras.

Diante do aumento do número de casos da variante delta no estado, a Sesap reforça a necessidade da manutenção das medidas sanitárias e da importância de completar o esquema vacinal. A variante identificada está circulando por transmissão comunitária e os estudos apontam que ela conta com um alto potencial de transmissão.

As equipes do setor de vigilância epidemiológica da Sesap seguem trabalhando no rastreio dos casos e no monitoramento do cenário em todo o Rio Grande do Norte.

Fonte: G1/RN
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...